Núcleo de Estudos Canadenses
Universidade Federal de Uberlândia - MG
:: 
Histórico

O Núcleo de Estudos Canadenses - NEC - da Universidade Federal de Uberlândia é resultado de um projeto interdepartamental, proposto e oficialmente implementado, com incentivo da UFU, pelos Instituto de Letras e Lingüística (ILEEL), Faculdades de Artes, Filosofia e Ciências Sociais e Faculdade de Gestão de Negócios, à Embaixada do Canadá, em reunião da Associação Brasileira de Estudos Canadenses (ABECAN), realizada em Curitiba-PR, em outubro de 1994. O NEC-UFU, assim como os demais Núcleos de Estudos Canadenses existentes no Brasil, está filiado a Associação Brasileira de Estudos Canadenses (ABECAN), atualmente sediada em Salvador-BA.

O NEC-UFU ocupa um espaço privilegiado na Biblioteca Central do Campus Santa Mônica da UFU e possui um rico material bibliográfico disponibilizado para toda comunidade acadêmica e local. Atende, também, estudantes, professores e pesquisadores de instituições da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e de estados vizinhos, (São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, etc.).

As atividades desenvolvidas pelo NEC-UFU compreendem reuniões, conferências, palestras informativas sobre o Núcleo e o Canadá em instituições de ensino, projeções de vídeos, cursos de extensão nas duas línguas oficiais do país (Francês e Inglês), intercâmbios de professores, realização da Semana de Estudos Canadenses, divulgação de bolsas e orientação aos candidatos quanto ao preenchimento dos formulários e encaminhamento dos papéis ao Canadá. O NEC/UFU tem também divulgado cursos oferecidos nas mais diversas áreas de interesse de estudantes, professores e pessoas da comunidade, listando endereços e contatos de universidades para correspondência.

Canadian Day Journée Canadienne

Programação do II Canadian Day

8:30 - Café da manhã
9:00 – Abertura
9:30 – Mesa- redonda "Estudos Canadenses"
11:00 às 12:00 – Sessão de painéis

12:00 às 14:00 – Intervalo para almoço

14:00 – CineCanadá
15:30 - Sessão de painéis "Canadianistas de amanhã"
16:30 – Roda de conversa "Experiências de Intercâmbio no Canadá"
17:30 – Encerramento

Clique aqui para fazer sua inscrição

:: 
Destaque

CANADÁ ANUNCIA FINANCIAMENTO PARA PROJETOS DE INOVAÇÃO ENTRE EMPRESAS E INSTITUTOS DE PESQUISA BRASILEIROS E CANADENSES

Foi anunciado em Ottawa, Canadá, pelo ISTPCanada (International Science and Technology Partnerships Canada) o lançamento de três editais relativos a projetos de colaboração em ciência e tecnologia entre o Canadá e o Brasil. Representando um aporte de cerca de 1 milhão de dólares, capital semente com efeito multiplicador, que estima-se deverá alavancar dez vezes mais em fundos de outras fontes, públicas e privadas, os editais visam estimular o desenvolvimento de parcerias para pesquisa e desenvolvimento e a comercialização conjunta de novas tecnologias. O lançamento destes editais é um marco importante para a concretização da colaboração entre o Canadá e o Brasil no âmbito do Acordo Quadro de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação assinado em novembro de 2008 por Stockwell Day, Ministro do Comércio Internacional do Canadá e por Sergio Rezende, Ministro da Ciência e da Tecnologia do Brasil. Ademais, a iniciativa contribui para fortalecer as relações políticas e comerciais entre os dois países. Os editais visam, assim, aumentar as trocas comerciais, identificando projetos que envolvam tecnologias, produtos e processos inovadores cuja aplicação possa ser feita a curto e médio prazo.

O primeiro edital, lançado em conjunto com a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), está aberto a propostas conjuntas de empresas e institutos de pesquisa Canadenses e do Estado de São Paulo em setores chave como o de tecnologias da informação e das comunicações (TIC - incluindo software), ciências da vida e o setor de energia renovável e células combustíveis. O segundo edital, lançado unilateralmente pelo ISTPCanada, está aberto à participação de projetos de empresas e institutos de pesquisa canadenses que possuam parceiros em qualquer parte do Brasil. O terceiro - aberto a qualquer empresa ou instituto de pesquisa canadense que tenha um parceiro em qualquer lugar do Brasil -, prevê oportunidades apenas para a realização de workshops, seminários e eventos para o aprofundamento da cooperação bilateral em ciência, tecnologia e inovação.

As iniciativas irão ajudar as empresas inovadoras canadenses e brasileiras a tirar proveito do know how científico do país parceiro, identificar possibilidades de expansão comercial e a integrar novos circuitos de comercialização. De maneira global, as ações irão possibilitar ao Canadá e ao Brasil aproveitar as parcerias em ciência e tecnologia com vistas a promover a inovação, o investimento estrangeiro e o comércio neste período de retomada econômica pós-recessão.

"Os próximos projetos servirão para fortalecer nossas relações na área de Ciência e Tecnologia com o Brasil, que figura entre as economias mais diversificadas e que crescem mais rapidamente no mundo", afirmou Stockwell Day, Ministro do Comércio Internacional do Canadá. "Além disso, eles irão facilitar o desenvolvimento de novas tecnologias capazes de oferecer benefícios econômicos e sociais aos cidadãos de ambos os países".

"No momento em que se multiplicam as atividades multidisciplinares em Pesquisa e Desenvolvimento, e em que fica cada vez mais difícil atrair investimentos, reunir competências apropriadas e ter acesso aos mercados emergentes, fica evidente a necessidade de se estabelecer parcerias tecnológicas mundiais", afirmou Henri Rothschild, Presidente do ISTPCanada. "Estes editais permitirão às pequenas e médias empresas e a empresas bem estabelecidas a aproveitar a complementaridade de suas forças de Pesquisa e Desenvolvimento, unir os recursos para a inovação e, assim, acelerar a comercialização de novos produtos e serviços".

"A FAPESP estabelece parcerias internacionais em Ciência e Tecnologia que impulsionam o crescimento da indústria do conhecimento em São Paulo, ajudando a indústria a tirar partido de uma economia cada vez mais globalizada", acrescentou Celso Lafer, presidente da FAPESP. "A parceria com o ISTPCanada aumenta as possibilidades de pesquisa e de financiamento oferecidas aos institutos de pesquisa e às empresas, e promove a Ciência e a Tecnologia nos setores chave da economia brasileira, incluindo a energia, a agricultura, a biotecnologia e as tecnologias da informação."

As propostas detalhadas devem ser enviadas até o dia 13 de novembro de 2009. Para obter mais informações sobre os três editais, favor visitar os sites:

http://www.istpcanada.ca/international_programs/Brazil/ActiveCFPs/ e http://www.fapesp.br/materia/5379.

Sobre o ISTPCanada

O ISTPCanada elabora e implementa programas de colaboração em Pesquisa e Desenvolvimento no âmbito de acordos de colaboração em Ciência e Tecnologia estabelecidos entre o Governo do Canadá e seus principais parceiros comerciais, incluindo o Brasil, a Índia, a China e Israel. Conforme o mandato que lhe é atribuído pelo governo do Canadá, por intermédio do Ministério das Relações Exteriores e do Comércio Internacional, o ISTPCanada contribui para o desenvolvimento de novas parcerias em P&D entre as empresas e os institutos de pesquisa canadenses e seus congêneres em outros países; investe em projetos de pesquisa com forte potencial comercial e estimula as atividades prévias ao estabelecimento de parcerias. Desse modo, o ISTPCanada desenvolve novos modelos de colaboração bilateral e multilateral, que tornam o Canadá mais competitivo graças às alianças internacionais baseadas na pesquisa, e contribui para o fortalecimento das relações mantidas pelo Canadá com outros países em matéria de política, comércio, economia e C&T.

Para obter mais informações, favor acessar o site: http://www.istpcanada.ca/home/index_fr.php.

Consulte também o site da FAPESP: http://www.fapesp.br/